Starsounds: ouça a primeira música feita com ‘sons das estrelas’

Compartilhe

A evolução da ciência e da tecnologia permitiu ao homem registrar alguns dos sons do universo, como as ondas acústicas de explosões de estrelas, que em condições normais não são audíveis pelo ouvido humano. Agora, estas mesmas ondas sonoras foram utilizados para criar a primeira música feita com sons de estrelas.

Intitulada “Starsounds” (ou som das estrelas, em tradução livre), a canção inovadora foi organizada pelo músico, compositor e produtor musical Brian Eno. Responsável por desenvolver o estilo que ficou conhecido como música ambiente, ele assumiu a missão de reunir as ondas infrassonoras das estrelas em uma única faixa, de maneira que elas pudessem ser ouvidas pelo homem.

A música das estrelas é o projeto mais recente do Starmus Festival, evento anual criado pelo astrofísico e guitarrista Brian May, em parceria com o também astrofísico Garik Israelian. No encontro, os participantes celebram a astronomia, a exploração espacial e as ciências afins, assim como a música e a arte.

Brian May, guitarrista da banda Queen e astrofísico, é um dos idealizadores do projeto.Brian May, guitarrista da banda Queen e astrofísico, é um dos idealizadores do projeto.

Em 2011, aconteceu a primeira edição do Starmus, que contou com presenças ilustres, entre as quais os astronautas Neil Armstrong, Jim Lovell, Buzz Aldrin, Charlie Duke e William Anders. O primeiro homem a andar no espaço, Alexei Leonov, também estava lá. O festival logo ganhou popularidade, passando a ter membros como o renomado cientista Stephen Hawking e o músico Peter Gabriel, e a premiar pessoas pela contribuição à ciência, como o CEO da Tesla Elon Musk e o astrofísico Neil deGrasse Tyson.

Como ela foi criada

Os sons de explosões de estrelas utilizados na composição da música “Starsounds” fazem parte de uma biblioteca de áudio criada em 2005 por Israelian. Desde então, ele compila estes sons espaciais, para utilização em diferentes tipos de projetos.

De acordo com o Retrofuturista, Brian Eno utilizou um método de aceleração das ondas acústicas infrassonoras que são resultado das explosões das estrelas, convertendo-as em uma faixa sonora audível para o ouvido humano. O resultado foi uma “peça hipnótica com harmonias complexas e visuais hipnotizantes”, segundo a publicação.

Este mesmo processo de composição, utilizando ondas infrassonoras de estrelas, serviu de inspiração para os criadores da trilha sonora do filme Interestelar (2014), estrelado por Mathew McConaughey, Anne Hathaway, Jessica Chastain e Michael Caine. A biblioteca de Israelian também serviu de base para diversas outras obras.

Ouça a música “Starsounds”

Com quase dois minutos de duração, a canção “Starsounds” foi disponibilizada no YouTube na última terça-feira (23), pelo Starmus Festival. O clipe traz ainda efeitos visuais criados por um estúdio britânico que já ganhou o Oscar, incluindo imagens baseadas nas formas das ondas acústicas.

A música está disponível a seguir:

Starsounds: ouça a primeira música feita com ‘sons das estrelas’ via TecMundo